Ma vie en rose

De frente, de lado, de costas. En France.


quinta-feira, outubro 28, 2004

Mulheres, respeitem e sejam respeitadas!

Domingo, durante o churrasco dos Kmelianos na casa do Ricardo entrei, por acaso, na conversa de duas colegas a respeito de meninos e meninas. Fiquei pasma ao ouvir as reclamações delas quanto à “mulheres que dão em cima do meu namorado”. Pas-ma.

Muitas histórias de meninas que deixam de lado a dignidade, a moral, o bom senso, pelo simples prazer de estragar e atrapalhar a vida dos outros. Na presença ou não das namoradas.

Uma colega nos contou a história de uma amiga, que fazia o melhor estilo confidente, parceirona, e que ficou com um menino que ela ficava. E teve a cara de pau de vir pedir desculpas, como se fosse assim, simples. Poxa, esbarrei em ti, desculpa. Te apunhalei pelas costas, desculpas. Acabei com a nossa amizade, desculpas. Ferrei com teus sentimentos e com tua confiança, foi mal.

Fiquei pensando que nem a minha cachorra consegue ser tão cachorra. A Pandora tem sim noções de ética e sabe bem seus limites. E isso que, teoricamente, ela é um ser irracional. Porque, por exemplo, quando o Mateus chega na minha casa e ela o está importunando, eu grito: “Sai daqui, vagaba!”. E ela sai.

Não lembro, neste momento, de meninos importunando meninas comprometidas de uma forma tão incisiva e vulgar como tenho visto meninas importunando meninos comprometidos nestes últimos tempos. Pelo contrário, vejo que os garotos têm um código de ética implícito, que não necessita de palavras ou regras pré-estabelecidas. Elas só existem. E existem porque, para os caras, ainda há um sentimento de valor que é mais importante que desejo, vontade, avareza e inveja: chama-se respeito.

Não me refiro somente sobre respeitar ao próximo, mas respeitar a si mesmo. Querem ser respeitadas? Respeitem-se primeiro. Mulheres, tenham um pingo de dignidade, de compostura, de decência! E se não restou um neurônio para estimular sua inteligência, façam como a minha cachorra: respeitem por instinto.

3 Comments:

  • At 12:01 PM, Anonymous Anônimo said…

    Oi Dany!
    Adorei o texto, falou tudo o que eu sinto a respeito dessa situação....Será que essas mulheres não enxergam o papel ridículo que fazem? Respeito é bom e eu gosto!!!!!
    Bjão, Erika

     
  • At 10:10 AM, Blogger Dany Franco said…

    Pior que não enxergar é fingir não enxergar...

     
  • At 9:20 PM, Blogger cherrytati said…

    Dani, essas pessoas não tem nada mais interessante a fazer na vida. Quem está perdendo tempo são elas.

     

Postar um comentário

<< Home