Ma vie en rose

De frente, de lado, de costas. En France.


terça-feira, maio 27, 2008

Sobre o fermento francês

Inspirada nas experiências culinárias do Moniquices, mas com um certo receio depois que cozinhei um bolo de chocolate que mais parecia uma camada de asfalto, encontrei a receita de "bolo na caneca" no As pedras do poder. Três minutos, microondas, a famosa receita do mistura tudo e mexe. Então eu pensei: sim, eu posso.

A receita é esta:

1 ovo

4 colheres (sopa) de leite

3 colheres (sopa) de óleo

2 colheres (sopa) de chocolate em pó

4 colheres (sopa) de açúcar

4 colheres (sopa) de farinha de trigo

1 colher (café) de fermento em pó

1. Em uma caneca de 300ml (é importante que seja deste tamanho), bata o ovo com o açúcar.

2. Acrescente o óleo e o chocolate em pó e bata mais um pouco.

3. Junte a farinha de trigo e o fermento em pó e bata.

4. Leve a caneca ao microondas por 3min.

Fácil, simples e rápido, nao é? Mas o bolo na caneca ficou assim:






Désolé, mas a culpa foi do fermento francês: não tem outra explicação! Agora eu entendi porque a baguette, o pãozinho deles, tem aquele tamanho.

Ok, vou tentar o bolo de iogurte gelado da Mônica as soon as meu namorado terminar as sessões de terapia após a ingestão forçada do bolo na caneca. Admito: não foi só ele que ficou traumatizado.

8 Comments:

  • At 11:53 AM, Blogger Monica said…

    Olha eu aqui outra vez (adoro teus posts!). Guria, fiz esse bolo aí também. Empolgada pelo testemunho da minha irmã, que disse que ficava maravilhoso, que estava viciada no tal bolinho, também fiquei desiludida. Só que a minha irmã disse que usou aquelas misturas prontas para bolo, misturando somente leite e óleo. Além disso, ela disse que precisou só de 2min no micro dela.
    Ah, uma coisa, tu reparaste que nessa receita não diz a hora de colocar o leite? Não é nenhum grande problema, mas não diz.
    Beijo e boa sorte com os bolos por aí :)

     
  • At 2:44 PM, Blogger RodOgrO said…

    DANI!!! Morena, hilário esse texto, assim como o do Indidiana. Sério. Engraçado de encaminhar pras pessoas e talz. Fantásticos.

    Saudade de vc. Dá um alô de vez em quando!

    Beijokas! :*

     
  • At 12:14 AM, Blogger Criz said…

    Dani, como tu faz uma coisa dessas pro teu homem?

    Aquele nativo do Acre que se diz francês vai ter que dar metade do salário pra se tratar com o terapeuta. Pobre Florent.

     
  • At 9:23 PM, Blogger Cíntia Freitas said…

    Ah, não desistam. Uma hora sai.

     
  • At 5:19 AM, Blogger Monica said…

    Eu acho que misturar tudo, sem nenhuma ordem, não influencia tanto (exceto se for pão-de-ló e outros bolos mais delicados). Uma prova disso são aquelas misturas prontas para bolo. Só que sempre me ensinaram para colocar o fermento por último, sem mexer muito a massa depois disso. Deve ser alguma reação química e tal. Se bem que eu acho que o fermento químico só começa a agir no forno. Pode ser uma explicação. Mas o bolo crescer muito não é problema, pior é não crescer. Daí fica tipo sola de sapato. Beijo

     
  • At 7:44 AM, Anonymous Flavia said…

    Sério, dei muita risada dessa foto do teu bolo!
    Definitivamente, Dany, tu és uma mulher de negócios!

     
  • At 6:55 PM, Blogger Joo said…

    mesmo assim deu vontade de experimentar...

     
  • At 4:54 PM, Blogger Camila said…

    Eu moro na Alemanha e fiz o bolinho tb... Ficou igual ao seu! Acho que é normal isso acontecer, o Marcelo Katsuki, da Folha, fez e o dele tb ficou assim...

     

Postar um comentário

<< Home