Ma vie en rose

De frente, de lado, de costas. En France.


quarta-feira, abril 09, 2008

A má educação

Pode: tirar um lenço nojento de sujo de tão melecado de dentro do bolso para assoar o nariz, utilizar toda a energia dos pulmões e expirar todo o gás carbônico do corpo, no melhor estilo "um elefante incomoda muita gente". Não sei como eles conseguem atingir tantos decibéis (preciso começar a utilizar protetores auriculares). E fica a certeza de que se os franceses tivessem tromba, todo mundo aqui já estaria surdo.
A verdade é que, depois de sete meses en France, ainda me assusto com esse comportamento. E não consigo pregar o olho o resto da noite, depois que meu petit-ami resolve assoar seu dengoso nariz ao pé do meu ouvido, no auge do meu sono, e de manhã vir com a explicação "mas é tão normal..."

Não pode: espirrar normalmente, naquele nível sonoro aceitável do atchim. Manda a boa educação francesa que o indivíduo tranque o espirro, sem fazer qualquer mínimo ruído pra ninguém te olhar com cara feia, mas, rapidamente te oferecer, sorrindo, um simpático "à tes amours!", o equivalente ao nosso "saúde!" ou "deus te ajude!". Até hoje não entendi a relação lógica entre os amores e o espirro...
Só um pouquinho: mas é óbvio que eu não disfarço, nem aqui, nem no Brasil, nem na China (onde eu espirraria gritando Free Tibet!). Primeiro porque, vai dizer, é uma baita boa sensação a de compartilhar todos os meus micróbios com a humanidade: eu adoro! Segundo porque minha mãe diz que se a gente tranca o espirro, explode o cérebro.

8 Comments:

  • At 4:43 PM, Blogger kami! said…

    Olá! Estava eu passando em alguns blogs que não conheço, mais que estão linkados em blogs conhecidos e acabei lendo o seu texto e não pude deixar de comentar!

    Quanto ao texto só posso dizer "Eca que nojo!!!!!!"

    Bjussssssssss

     
  • At 6:23 AM, Blogger Monica said…

    Eu também não consigo me acostumar com isso. Aqui eles também usam toda a força do mundo para extrair todas as secreções utilizando um lenço de PANO. E como eu vivo com o nariz escorrendo por conta da rinite, passam me perguntando se eu estou constipada (=resfriada). E ainda tenho que ouvir o "santinha!" (equivalente ao "saúde!") ao espirrar!

     
  • At 11:39 AM, Blogger Cíntia Freitas said…

    HuahuHUHAUHuhhauhUhauhuhuaAHAU!!

    Muito booomm!!

    Dica: Quando vc espirrar aí, além de realmente espirrar, se deseje saúde e agredeça a si mesma.

    - Atchiimm! Saúde. Brigado.

    Se é pra ser 'a' estranha, realiza o processo completo.

    Me conta depois como foi?!

    beijoo!

     
  • At 9:23 PM, Blogger marcelo said…

    OI,

    Meu nome é Marcelo e eu moro em Freiburg im Breisgau, na Alemanha (divisa com a Franca por sinal).

    Já acompanho o blog há algum tempo, morro de rir mas nunca tinha comentado.

    E eu achando que essa coisa de assoar o nariz num nível "solo de trombone na banda da escola" fosse uma coisa só dos alemaes!!!!!! que ingenuidade a minha!! hehehehehe

    bjs,
    Marcelo.

     
  • At 5:50 PM, Blogger Jujuba said…

    Espirra mesmo, e com gosto menina, pra essa francesada nariguda ficar toda enrugnhe ou seja la como se escreve isso rsr

     
  • At 5:39 PM, Blogger Criz said…

    hahahhaha
    explode o cérebro, só a SÔnia mesmo
    tinha que ser a tua mãe
    a dany não é o que é se não fossem os gens herdados da diva mor de shark city

     
  • At 3:33 AM, Blogger Dany Darko said…

    Oi, Marcelo! Tu também tens blog? Também quero saber das tuas aventuras aih na Alemanha!

     
  • At 4:56 AM, Anonymous Sophia said…

    explodir o cerebro nunca vi, mas que não faz bem pros ouvidos (que possivelmente tb estejam meio trancados pela gripe) isso é fato.

     

Postar um comentário

<< Home