Ma vie en rose

De frente, de lado, de costas. En France.


segunda-feira, janeiro 10, 2005

Até o Fim

Quatro meses, quatro quilos a menos, inumeráveis noites sem dormir, vida social quase nula, alguns amigos a menos, alguns dias de falta no trabalho, bronca da minha mãe por ter ficado por último nos agradecimentos, R$ 150 reais fora (para a formatação), 150 páginas de texto. Nome: Entrevista Jornalística Não é Diálogo – Análise da Entrevista Como Confronto Entre Entrevistador e Entrevistado.

A banca me olhava como se eu fosse o ser mais desconsiderável do universo. Com o calor de 40 graus, os ventiladores só ajudaram a diminuir o volume da minha voz. Nos primeiros 30 segundos, molhei todo o esquema que tinha feito para me guiar na apresentação. E enquanto falava, a minha maior preocupação era não parar de falar. Porque se eu parasse não iria conseguir ir adiante.

Depois, o abate. Elogios e poréns. Trabalho muito bom, mas... . Idéias bem estruturadas, mas... . Bibliografia ideal, mas ... .

O momento mais terrível foi ter que aguardar a decisão da banca para o conceito final. Exemplo mais fiel de quando segundos podem ser horas, dias; minutos: uma eternidade.

A banca foi unânime em me dar nota 10, conceito A. Me abraçaram, me felicitaram, Rosa Nívea sugeriu que eu continuasse a estudar o mesmo tema durante o mestrado. E para eu não esquecer de Bathkin e suas teorias sobre o diálogo. Mas, naquele momento, só o que me interessava era sugar cada gotinha da felicidade pelo dever cumprido.

"Quando eu nasci veio um anjo safado, um chato dum querubim
E decretou que eu estava predestinado a ser errado assim
Já de saída a minha estrada entortou
Mas vou até o fim"
(Até o Fim - Chico Buarque)


5 Comments:

  • At 12:06 AM, Blogger cherrytati said…

    Parabéns, Dani! Que o teu futuro profissional seja tão ou ainda mais brilhante do que foi a tua banca!
    Beijos, Tati

     
  • At 11:17 AM, Anonymous Anônimo said…

    parabéns, parabéns, parabéns
    tu merece muito mais
    ...vou contigo
    m

     
  • At 4:18 PM, Anonymous Anônimo said…

    PA-RA-BÉNS!!!!!! Compensou tanto trabalho, né??? Que o teu caminho continue sendo assim: cheinho de luz! Beijos, Carlinha

     
  • At 12:51 PM, Blogger Dany Franco said…

    Bigada, pessoas do meu coração!
    E estou impressionada que a Carlinha aprendeu a fazer comentários no meu blog. Muito bem, Flipper! :D

     
  • At 8:54 PM, Blogger carlinha said…

    é a evolução, beibe. hehehe. beiju. carlinha

     

Postar um comentário

<< Home