Ma vie en rose

De frente, de lado, de costas. En France.


quinta-feira, agosto 16, 2007

Grenoble


Grenoble fica no sudeste da França, no centro da região Rhône-Alpes, pertinho da Italia e da Suiça. Com cerca de 500 mil habitantes, tem uma galera de todo o canto do mundo que vem para a cidade para estudar, especialmente o pessoal das Exatas. Ok, nao é o meu caso: ninguem precisa me lembrar disso. Tambem tem gente, como eu, que vem estudar Lingua, Cultura e Civilizaçao Francesa. Ou seja, as excessoes estao em todo o canto do mundo. Mas vou deixar esse tema para outro post (de preferencia quando eu estiver de tpm).
A minha primeira impressao da cidade foi que ela parecia um desenho daqueles livros infantis coloridos, de conto de fadas. Grenoble eh fofa, cercada de montanhas, completamente arborizada, com ruas formadas por predios antigos, coloridos, com boulangeries (padarias) lindas, fromageries (pasmem! os franceses tem lojas onde soh se vendem queijos!), cafes, restaurantes, praças, parques, fontes em cada esquina, piscinas publicas. Enfim, soh vendo mesmo para saber. Eu fiquei completamente encantada e andava por aih apontando para os lugares, que nem criança mesmo, e exclamando: "que liiiiiiiiiiiiiiiiindo", "que foooooooooooooofo". Para melhorar tudo, nos lugares mais verdes, quando a gente menos espera, passam coelhos ou esquilos correndo.
E as lojas, arffffffff!!! Da vontade de comprar tudo! Sabe aquele creminho da Lancome que no Brasil custa 500 reais? Aqui sao 40 euros! Perfumes? Kenzo, Cacharel, Gyvenchy... 20, 30 euros. Uma tentaçao! Ok, eu multiplico tudo por tres e acabo nao levando nada porque meu bolso nao permite. Mas, teoricamente, o valor para eles eh o mesmo para nos. Uma camiseta no Brasil custa 40 reais, aqui sao 40 euros: os digitos se equivalem. As minhas possibilidades, nao.
Mas nem tudo sao flores, coelhos ou Lancome. Um dia bem feliz quando eu resolvi experimentar a liberdade de caminhar de madrugada (porque aqui a gente pode fazer isso sem NENHUM estresse e porque estah fazendo um calor de mais de trinta graus), me deparei com um rato na porta do meu predio. Resolvi descansar do meu susto e sentar em um banquinho de uma praça aqui perto e me deparei com varias blattes (as baratas francesas) fazendo a festa em um lixo. Ok, em uma proporçao bem menor que no verao brasileiro, mas, CARALHO! Todo o lugar que eu vou eu sou perseguida por essas criaturas! Soh me resta esperar pelo inverno. Acho que nao sou mesmo resistente ao calor...

............................................................................................
O romantismo frances:

- Olha que linda a cor das montanhas com a luz do fim de tarde!
- Nao eh a luz do fim da tarde, eh a poluiçao de Grenoble.

Hum, ok.

6 Comments:

  • At 2:49 PM, Blogger Christophe said…

    Legal que tu gostes da Franca e das "fromageries" ;-) Mas fica muito raro ver baratas na rua !

     
  • At 6:19 PM, Anonymous Tati said…

    E as chocolaterias, que tal???
    ok, tu fala de uma cidade linda e a chocólatra qui só pensa em doce!
    Bjs

     
  • At 9:05 PM, Blogger Lo said…

    Dani, minha pequena grande heroína! Adicionei teu blog porque não consegui me conter de felicidade ao lê-lo! Bjos!

     
  • At 12:00 AM, Anonymous capnap@gmail.com said…

    Daniella Kafka, quando vais fazer regressão a vidas passadas e descobrir que eras um flit?

     
  • At 5:58 PM, Blogger OgrO said…

    Fromageries? Nham!!! Esquilos e coelhos... Nham!!!

    Ratos e baratas? Hmmm... só se for de aperitivo!

     
  • At 10:02 PM, Anonymous Veve said…

    nossa! amei ler, depois de ler das baratas e ratos repensei na idéia de morar em grenoble. outras opções,amei os textos, parabéns

     

Postar um comentário

<< Home