Ma vie en rose

De frente, de lado, de costas. En France.


segunda-feira, dezembro 01, 2008

Coisas que nem Mastercard faz por você

Uma moradora de rua me parou e, numa mistura de árabe e francês, me pediu dinheiro. Eu, que sou contra esmolas, acabei cedendo a pressão porque ela disse que estava passando muita fome. E porque a mulher se agarrou em mim feito carrapato e eu não via jeito de sair daquela situação. Tirei uma moeda de um euro do bolso e entreguei. Ela agradeceu, eu virei as costas e fui embora. Segundos depois, ela me chama, vem correndo em minha direção, me segura pelo braço, me mostra uma nota de cinco euros e pergunta se eu tenho o mesmo valor em moeda para trocar.

O que uma pessoa normal faria em um momento desses?

Pois, é. Mas considerem que eu não sou uma pessoa normal. Ou seja: sim, eu catei todas as minhas moedinhas até completar cinco euros e entreguei pra tiazinha. É óbvio que ela não me devolveu a nota. Pior: ainda me perguntou se eu não tinha mais nada para oferecê-la. E desejou que eu tivesse muitos filhos. Como se já não existisse gente suficiente no mundo para me fazer de idiota.

9 Comments:

  • At 2:12 PM, Blogger Christophe said…

    Infelizmente tu nao podia fazer muita coisa contra essa. E uma tecnica classica de manipulaçao ... A pessoa te pede horario (pequenha coisa que costa nada), uma coisa se grande valor ... como tu ja deu uma vez tu da uma segunda, ja que nao é muito. Ela vai embora, você acha que acabou e dai volta com a coisa que a pessoal realmente precisa que você teria talvez recusado se ela tinha te pedido isso desde o inicio. Um grande abraço para agradecer do sua acolhida com o Flo.

     
  • At 4:16 PM, Blogger Monica said…

    Putz, que ódio quando isso acontece. Mas não te sinta mal porque isso não é só contigo. Quando a gente vê, já foi.

     
  • At 11:24 PM, Blogger Sônia said…

    Eis que aqui estou novamente:quanta ingenuidade!Acho que vou escrever um livro para às mães iniciantes--o título?Não ensine seus filhos como eles devem agir, pois eles vão fazer exatamente o contrário.Tá certo que tu és de Tubarão, mas , pelamorde Deus, moraste 8 anos em POA,portanto falar em fator surpresa nem pensar.Será que preciso te trazer prá casa e repassar as lições ?Acho que não, não vai resolver mesmo, ehehheeh.A propósito , o que o Christofe quis dizer mesmo?Apesar disso, te amo.

     
  • At 1:46 AM, Blogger Criz Azevedo said…

    6 euros de mão beijada. ts, ts.
    Daniella, achei que tu tinha aprendido alguma coisa com a Jujuba.

    Que vontade de ter dar um cascudo.
    Agora já sei pra quem eu vou pedir dinheiro emprestado a perder de vista.

     
  • At 7:00 AM, Blogger Sônia said…

    Cris , concordo contigo e assino .Estou com saudades de ti. Bjs.

     
  • At 3:45 PM, Blogger RodOgrO said…

    Bah, guria, tu já foste mais espertinha...

     
  • At 10:16 AM, Blogger Chantinon said…

    Vc tem uma nota de 10 euros ai?
    Troco por uma falsa!
    Hahah!
    Pior que esse pessoal das ruas são verdadeiros psicólogos... Sabem manipular de uma forma absurda.

     
  • At 1:52 PM, Blogger Bina said…

    Dany, tu tem um humor sem igual... hahahaha
    te adoro, amiga!

     
  • At 3:09 PM, Anonymous Ms. Riverside said…

    Putz Dany...
    eu caio numas muito horrorosas de vez em quando...sempre esqueço e caio outra vez, assim que criei um padrão prá não cair mais.
    Não requer nenhuma inteligência, só muita cara de braba! prá qualquer coisa nessa vida, ou prá qualquer pessoa que você não conhece ou algo que você não quer só faz um sorrisinho Monalisa, diz obrigada bem baixinho, quase sem movimentar os lábios, passa reto e vai adiante!
    O mais importante: nunca estabeleça contato visual, senão o (a) fiadaputa já pensa que tu estás vacilando e aí pronto!

     

Postar um comentário

<< Home